Archive

Posts Tagged ‘raemp’

Mídias sociais. O que tenho a ver com elas?

novembro 18, 2009 Deixe um comentário


Afraid of shadow

Upload feito originalmente por fusionfan

“O que diabos eu vou escrever no Twitter?”
Se eu ganhasse dinheiro por cada vez que ouço isso, estaria milionária.

Talvez seja insegurança, imagino. Mas as pessoas não precisam se preocupar, não há necessidade alguma de se sentirem pressionadas.

Não é que a partir do momento que você começa a tuitar, que todo o mundo vai parar para olhar. Na verdade, as pessoas só olharão quando você começar a dizer algo que as interessem, se elas ainda os acharem. É como uma conta de e-mail, como um blog. Você pode se identificar com outro nome, por um apelido. Não há a necessidade de expôr sua vida, seus hábitos. Você pode falar sobre assuntos específicos ou diversos. Existem identidades falando sobre marketig esportivo, empreendedorismo, receitas, notícias em geral. Tem tantos e tantos exemplos super interessantes de uso do Twitter.

Aqui estão alguns:
@raemp (agência Rae,MP)
@trampos (para anunciantes e interessados em vagas em agências)
@portal_exame (notícias rápidas da Revista Exame)
@novo_submarino (ofertas e promoções do site Submarino)
@CBF_Futebol (oficial da CBF)

Existem também os mais informais e que acabam descontraindo as pessoas durante o dia:

@ocriador (“Deus” falando de uma forma bem-humorada)
@shitmydadsays (rapaz americano de 29 anos que mora com os pais e tuita todas as besteiras que o pai dele – que não o aguenta mais em casa – fala)

A questão sempre foi e será a mesma, o conteúdo é rei. Isso é válido para todas as redes sociais, para qualquer veículo, para qualquer pessoa.
E ei, estamos em um país livre. Escreva sobre o que tiver vontade.
Twitter, Facebook, Orkut, entre outros, não importa a rede social, se quiser fazer algo interessante, estude os modelos existentes e suas práticas.

“E para as empresas, e para o meu negócio?”

Algumas empresas estão tomando proveito disso muito bem, afinal todo assunto ou tendência é facilmente rastreável nas redes sociais.

Diariamente, temos infinitos concursos, campanhas envolvendo promoções que rolam soltos no Twitter, por exemplo. As estratégias e ferramentas sempre variam, mas o objetivo ainda é aquele conhecido (elevação do share of mind e share of market). No entanto, o que pouquíssimas empresas estão dando conta é de estreitar cada vez mais este laço entre eles e seus clientes através das redes sociais. Às vezes, as empresas se perdem neste mar de seguidores, de pessoas em suas comunidades, seus fãs, perdendo o controle da coisa mais importante que não é apenas estar presente no dia a dia delas, mas também participar, escutá-las, resolver seus possíveis problemas.

É difícil mesmo, por isso que os “novos profissionais” de mídias sociais sempre trabalham em conjunto com toda a equipe de comunicação e desenvolvimento. A eles são confiadas estas atividades que geralmente o CEO da empresa não daria conta. É muita pesquisa, estratégia, relatórios e responsabilidade sobre a visualização de retorno lá na frente. Exatamente a mesma pressão em relação a outros profissionais da empresa ou agência.

De qualquer forma, chegamos na impossibilidade da privacidade integral. Não é porque você está fora das redes sociais, que você conseguirá se desviar das críticas, das opiniões e tudo mais. As redes sociais estão aí para atuarem como melhores tradutores de nós mesmos aos outros, com certeza nos colocando à prova cada vez mais ao olhar alheio, e nos permitindo melhor atendimento, serviços e compreensão.

InterCon 2009

novembro 7, 2009 Deixe um comentário
Intercon 2009

Intercon 2009

A InterCon 2009 aconteceu no Hotel Renaissance, que ofereceu excelente infra-estrutura a todas as pessoas.

Tivemos 3 ambientes (Criação e Inovação, Business e Tecnologia). Todas com palestras e painéis acontecendo ao mesmo tempo, então você poderia escolher as que tivesse mais interesse, com livre acesso a cada uma em qualquer momento. Devo admitir que fiquei um pouco desesperada pois tinha momentos em que gostaria de estar em 3 ou 2 salas ao mesmo tempo, pela programação, mesmo acompanhando pelo livestream do BlogBlogs (http://live.blogblogs.com.br/intercon2009).

O pessoal da Colméia fez bonito no espaço Criação e Inovação, defenderam que ideia é como mato, se não espalhar, morre. Todo o contexto de open source, de dar créditos, de ter participação no conteúdo e no desenvolvimento… a pluralidade de tarefas, vamos dizer assim, foram bem defendidos na arena, mencionando até que as startups que tiveram sucesso, tinham um objetivo com conteúdo participativo. Falaram também (para a mega confirmação de todos nós que estamos ou já passamos por desenvolvimento de projetos web) que não há como ter rigidez em entrega definitiva… é sempre beta, pode sempre mudar e sempre vai mudar (“cultura do beta é chave”).

Leonardo Dias (Taxi.Labs) em seguida,  que mostrou o projeto sensacional desenvolvido para o filme Transformers II, com um jogo controlado por voz (telefone) (apenas para os americanos, ok? Mas mesmo assim, muito legal). E logo então, presença honrosa do Fábio Sasso (do Abduzeedo), que confessou começar a utilizar e deixar tudo registrado e armazenado na Internet após ter seu escritório rapado completamente após sair para um almoço. A curadoria desses e outros no ambiente Criação e Inovação, até o horário do almoço, foi de Raphael Vasconcellos, explêndido.

Enquanto isso, Gil Giardelli, curador das palestras da manhã no ambiente Business, dava aquele seu toque pessoal durante as apresentações sobre Mídias Sociais, sociedade e comportamento digital. Cheguei no ambiente a tempo de ver a Suzana Apelbaum com alguns cases e discursando sobre o pró e contra de ter tanta informação divulgada, exposição, etc. Deu um exemplo legal do twitter do @shitmydadsays (que é muito engraçado).
Ainda neste ambiente, quando finalmente Cazé Peçanha (MTV e criador do Gengibre) subiu ao palco, ele teve que se desculpar por estar com a garganta ruim e a voz praticamente sumida. Pensei que fosse algo um tanto para promover o Gengibre (cujo slogan é: “para aliviar a garganta”) que então teria sua palestra no próprio Gengibre, mas não foi isso o que aconteceu… até porque ele comenta (http://bit.ly/OpA4S).

Após o horário do almoço, fui lá conferir os convidados do Manoel Lemos, no ambiente Business.
Tiago Peixoto falou muito bem sobre a abertura de dados e transparência na Internet com dados relevantes, na Economia, na Política… Por exemplo, o site http://recovery.org que mostra o governo dos EUA exibindo ao público onde, quanto e como o dinheiro público está sendo gasto em todo o país. http://fixmystreet.co.uk – site inglês em que o público coloca suas reclamações sobre o que está quebrado em suas ruas, exibindo até classificação se a sua rua foi deixada de lado, por qto tempo… cutucando autoridades mesmo. E http://www.ushahidi.com (do Kenya) em que o que começou como algo para utilidade pública (uma rede social para alertas de segurança nas ruas), agora está tomando rumos maiores, sobre política, etc. Nosso governo brasileiro ainda está longe disso, mas tem uma iniciativa bem bacana que dá pra acompanharmos em terras brazucas: http://bit.ly/meuparlamento (vc consegue verificar quem votou o quê…). É bem interessante.

Seguindo a apresentação, tivemos Juliano Spyer para falar sobre “o futuro do livro”. Defendeu a ideia de que o livro não morreu e não morrerá, ele apenas está se moldando ao formato digital, porque agora temos o Google Books, Kindle. Comentou que agora temos muito mais autores do que um tempo atrás. Gira tudo em torno da facilidade de escrevermos e publicarmos, temos muito mais estímulos.
Lembra do manual do Twiter que ele fez? Teve um dia em que chegou a 15.000 downloads em menos de 10 dias.
Ele falou sobre algo legal também de que com os meios digitais, você pode por exemplo ler um conto que menciona um lugar que existe, e pode acessar sobre este lugar (esse palco na vida real), interessando até ao mercado de turismo, tudo através de mashups.

Ainda sob curadoria de Manoel Lemos, tivemos Beatriz Leão que palestrou e mostrou vídeos interessantes sobre o uso de mídias digitais para a saúde e Medicina. Pelo filme, eu não tinha ideia de que havia tantas redes sociais apenas sobre isso. Que máximo!

Ela deu o exemplo de http://www.patientslikeme.com/ que é extraordinário. As pessoas ou os e-patients já é uma realidade. Medicina, pacientes, educação sobre saúde, cuidados e tecnologia na informação estão caminhando juntos. As redes sociais têm uma excelentíssima participação no progresso disso.

A última palestra até o horário em que consegui ficar foi a do Mugnaini (da AlmapBBDO), ele falou sobre Luddites na Indústria da Comunicação – Resistência das pessoas às novas tecnologias. (*luddites = movimento social formado por artesãos têxteis do início do séc. XIX que protestavam contra o avanço do uso de máquinas na produção da Era Industrial, geralmente sentiam seus empregos ou estilo de vida ameaçados – ou seja, contra o progresso). Disse que luddites ainda existem em todas as partes, em várias pessoas de diversas áreas profissionais, inclusive na área de comunicação e propaganda. (verdade verdadeira… e cá pra nós, todos conhecemos alguns). Comentou também sobre a curva da vida de cada recurso tecnológico que criamos, muito interessante mesmo.

Espero que na InterCon 2010, eu consiga assistir a todas que eu me programar. Perdi umas boas hoje.

A busca pelo webdesigner

agosto 18, 2009 Deixe um comentário

A Rae,MP está em busca de um webdesigner jr., que trabalhará direto com o Danilo Araújo (@niloaraujo) .
A proposta é de 1600 reais mensais + VT +VR / período integral.
Provavelmente passará por um período de testes até definição de contratação.

Envie o link de seu portfolio para cv@raemp.com.br (e-mail com mais de um destinatário será automaticamente deletado).

http://www.raemp.com.br

Rae,MP com novo site

julho 31, 2009 Deixe um comentário

Sim, um site simplificado! Vc tem em sua base apenas contato, últimos tweets e informação breve sobre a agência. O “let’s cut to the chase” está TODO espalhado nas redes sociais como Flickr, YouTube, Facebook, Twitter, LinkedIn, Orkut e no blog.

Faço questão que vc visite… e não é jabá!
http://www.raemp.com.br

Tá muito bom!
Mande sua opinião para web@raemp.com.br e quando receber uma resposta, você verá como assinamos nossas mensagens.

Provavelmente nosso time de web estará no Facebook Developer Garage semana que vem, tente nos encontrar (já que tem taaaanta gente inscrita) e diga o que vc achou do site. E se quiser tb, pode nos indicar um talento para webdesigner jr. (já que ainda estamos procurando e entrevistando).

Social Media Brasil – smbr

junho 6, 2009 Deixe um comentário

O Social Media Brasil terminou no final da tarde de hoje e tivemos algumas muito boas apresentações.
Interney (Pólvora Comunicação), Guilherme Valadares (Papo de Homem), Marcelo Tripoli (iThink), Roberto Loureiro (Tecnisa), Wagner Fontoura (Riot), Gustavo Fortes (Espalhe Marketing de Guerrilha), Fábio Ricotta (MestreSEO), Paulo Teixeira (Marketing de Busca), Amyris Fernandez (IAB Brasil), Lou Martins e Martini (ambos da Cubo.cc).
Todos esses, na minha opinião, se destacaram.
Faltou Manoel Lemos e Martha Gabriel, mas vamos ver se eles não aparecem numa próxima edição.

As apresentações focaram nas palavras e termos: “banalização do viral”, “riscos”, “métricas”, “donos de comunidades”, “Internet desde o início no processo de criação”, “ROI” e “expectativa”. São palavras e termos do nosso dia-a-dia, todas de muita importância e que tb precisamos tomar extremo cuidado com algumas específicas.

A agência Rae,MP compareceu na platéia deste evento. No primeiro dia, Marcelo, Mauro e eu. E hj, Marcelo, Danilo, Igor, Stephanie, Bispo e eu… tb. 🙂 Infelizmente o Lucas não pôde comparecer, pena mesmo.

Ontem, acabei conhecendo pessoalmente o pessoal da Tecnisa (Denilson Novelli, Roberto Loureiro e Paulo Schiavon). E hj, uma abordagem pós-coffee-break com Romeo Busarello (Diretor de Mkt da Tecnisa). Foi engraçado pq fui na caruda mesmo, já o conhecia por foto, mas nunca se sabe, né? Extremamente simpático… uuuuh, ainda bem q era ele. 😀 

Após a palestra do Marcelo Tripoli (iThink), cheguei a questioná-lo sobre os constantes anúncios de vagas na agência dele no twitter/trampos. Ele disse que foram 25 contratações da última vez e q continuam contratando… caraca, things are hot, man.

Embora a conexão estivesse terrível nos dois dias, Alexandre Formagio conseguiu organizar um evento com pessoas interessantes e deu muita atenção na comunicação do evento. Muito bom, valeu a pena.

Rae,Way

setembro 5, 2008 Deixe um comentário

Como anteriormente havia prometido, aqui está o endereço para o site da Rae,Way, núcleo de Internet da agência de propaganda Rae,MP, onde trabalho.

http://www.raeway.com.br

Foi um trabalho de equipe, mas a criação e direção de arte deste site se deve ao Danilo e o bicho 3D que vc vê na home foi obra do Marcos (http://www.marcosdiretordearte.com.br).

Não espalhe, mas o Danilo foi muito legal me deixando mais alta e mais magra na foto. 😀

Categorias:advertising/mkt, trampo Tags:, , , , ,
%d blogueiros gostam disto: